Menu fechado

Monark é desligado do Flow Podcast após fala sobre nazismo e exclui vídeo do canal

‘Nazista tinha que ter o partido nazista, reconhecido pela lei’, disse podcaster na segunda (7). Assessoria de imprensa do podcast afirma que ele não irá ser sócio das empresas produtoras.

“O Flow Podcast surgiu de um sentimento de liberdade, pluralidade e transparência. Com isso, carregamos a responsabilidade de nos conectar com milhões de pessoas e é inevitável que grandes decisões exijam grandes responsabilidades”.

“Reforçamos o nosso comprometimento com a Democracia e Direitos Humanos, portanto, o episódio 545 foi tirado do arComunicamos também a decisão que, a partir deste momento, o youtuber Bruno Aiub @Monark está desligado dos Estúdios Flow“, informa a nota.

Bruno Aiub, influenciador conhecido como Monark, é um dos fundadores, sócio e administrador das empresas em nome do Flow.

Segundo a assessoria de comunicação do podcast, Monark não será mais sócio das empresas e “não terá mais nenhum vínculo com os Estúdios Flow”. Também informa que apresentador Igor Coelho e o diretor Gianluca Eugenio permenecem como sócios. Coelho revelou no Youtube que irá comprar a parte do sócio:

“Vocês sabem que ele era meu sócio, na verdade, de 50% do Flow, então a gente tinha meio a meio. O que vai acontecer aqui é que eu vou comprar a metade dele. Porque eu não acredito que seja justo que ele tenha me ajudado a construir isso durante os últimos anos e abra mão de tudo” diz o apresentador.

Também presente, Monark afirma que vai continuar produzindo conteúdo:

“Eu, claro, vou ter minhas paradas. Vou continuar produzindo no meu canto ali. A gente vai ter um acordo, ressarcimento e tal. Infelizmente eu errei, a forma como eu me comuniquei. Muita gente entendeu como se eu estivesse defendendo algo que eu sou totalmente contra. Novamente. Então, é melhor eu assumir essa minha culpa, e é isso que está acontecendo”, conta Monark.

A fala sobre o nazismo

Na progamação desta segunda (7), participavam os deputados Kim Kataguiri e Tabata Amaral, e o tema abordado quando Monark falou sobre nazismo, era liberdade de expressão:

“A esquerda radical tem muito mais espaço do que a direita radical, na minha opinião. As duas tinham que ter espaço. Eu sou mais louco que todos vocês. Eu acho que o nazista tinha que ter o partido nazista, reconhecido pela lei“.

Tabata rebate o comentário e diz que a “liberdade de expressão termina onde a sua expressão coloca em risco a vida do outro”. “O nazismo é contra a população judaica e isso coloca uma população inteira em risco” afirma a deputada.

Flow é um dos podcasts com maior audiência do Brasil, foi criado por Monark e Igor Coelho, tem 3,6 milhões de inscritos só no YouTube. O podcast perdeu patrocinadores, em 2021 Monark foi criticado depois de ter questionado no Twitter se “ter opinião racista é crime”.

Kim afirmou durante o mesmo podcast que a Alemanha errou ao ter criminalizado o partido nazista, depois do questionamento de Amaral. Em seguida, o deputado comentou o caso:

“O que eu realmente disse sobre o nazismo: muito melhor expor a crueldade dessa ideologia nefasta para que todos vejam o quanto ela é absurda. Sufocar o debate só faz com que grupos extremistas cresçam na escuridão e não sejam devidamente combatidos e rechaçados.”

Monark se manifestou depois de repercusão negativa, e publicou um vídeo justificando que sua fala foi tirada de um contexto e que ele considera o nazismo abominável. Durante o vídeo conta também que defende a liberdade de expressão para “saber quem é idiota para que a gente possa ou educar essa pessoa, se for possível afastar essa pessoa e, se ela estiver cometendo um crime, punir essa pessoa”. “É muito mais fácil descobrir quem ela é se a gente deixa ela falar”, ele argumentou. Ele também se disse vítima da “cultura do cancelamento”.

Depois, publicou um novo vídeo dizendo que errou e pediu desculpas. Monark conta que  durante o programa estava bebâdo, pediu compreensão e convidou pessoas da comunidade judaica a ir ao seu programa conversarem com ele e explicarem mais “.

*Imagens do texto: Reprodução da Internet*

Encontrou algum erro, tem uma sugestão ou quer falar com nossa equipe? Entre em contato por e-mail: [email protected]

Aproveite os menores preços da internet: