Conheça a história de Régis Feitosa: pai que perdeu três filhos para o câncer e também morreu neste dia dos Pais

0
3

Régis Feitosa Mota, corretor de imóveis, morreu neste domingo (13), Dia dos Pais, após uma intensa batalha contra o câncer. A notícia foi compartilhada nas redes sociais de familiares. Régis enfrentou três diagnósticos de câncer ao longo dos anos de 2016 a 2023. O último foi confirmado em janeiro deste ano. A história dele ficou nacionalmente conhecida pela fé e esperança que ele tinha em lutar contra a doença que o fez perder os três filhos em um intervalo de quatro anos.

“Nosso guerreiro foi ao encontro dos filhos exatamente no dia dos pais. Que Deus o tenha, meu irmão! Te amamos muito!”, publicou Rogério Feitosa Mota, irmão do corretor de imóveis. A causa da morte, no entanto, ainda não foi divulgada.

Conforme publicação no perfil oficial de Régis no Instagram, ele estava internado há cerca de uma semana. Segundo a publicação, ele iria passar por um transplante de médula óssea.

Alguns dias depois, uma nova publicação atualizava sobre o quadro de saúde dele e que a internação ainda era necessária devido os resultados de exames.

“Primeiramente peço desculpas pela demora nas notícias. Permaneço internado, realizando vários exames e infelizmente o transplante não será realizado nos próximos dias, pois os exames apresentaram resultados bem alterados novamente. Continuamos firmes, com muita fé e precisando muito das orações de todos vocês”, informa a publicação.

Na manhã deste domingo (13), Dia dos Pais, o perfil oficial também publicou uma homenagem sobre a data.

Régis Feitosa

No início de maio deste ano, Regis Feitosa Mota, havia recebido alta após ficar mais de um mês internado. Ele foi hospitalizado com a pressão arterial baixa e bastante debilitado. Foram 30 dias no hospital, 12 deles na UTI e a alta médica fez amigos e familiares comemorar.

A luta pela sobrevivência inclui recuperação de pneumonia, sepse, influenza, além do tratamento de quimioterapia. O câncer que ataca as células de Regis matou os três filhos dele em um intervalo de quatro anos. No início de 2023, ele foi diagnosticado com mieloma múltiplo, um tipo de doença que ataca principalmente a medula e os ossos.

Regis já era é portador da síndrome rara hereditária Li-Fraumeni (LFS), causada por uma mutação genética que aumenta a probabilidade em até 90% nas chances dos portadores desenvolverem câncer até os 70 anos. Desde 2016, o corretor de imóveis trata uma leucemia linfoide crônica e um linfoma câncer que surge no sistema linfático.

Veja a entrevista com o jornalista e psicólogo que foi demitido após 28 anos de Globo e disse o inesperado sobre o que passou na carreira