Moacyr Franco desabafa sobre saída do SBT no Domingo Espetacular: "Não podiam me dispensar" - Virou Pauta

Moacyr Franco desabafa sobre saída do SBT no Domingo Espetacular: “Não podiam me dispensar”

Moacyr Franco desabafa sobre saída do SBT no Domingo Espetacular: “Não podiam me dispensar”
COMPARTILHE ESSA PAUTA!

O Domingo Espetacular desta semana, dia 04/10, conversa com o ator Moacyr Franco. No quadro “Por Onde Anda?”, ele relembra histórias curiosas que marcaram sua carreira, fala da relação com o filho e de sua saída da televisão.

“Cometeram uma grande gafe por me despedir. Eu tenho pena deles. Não é por mim, é por não saberem aproveitar o conteúdo. Eu sou uma pessoa que cria conteúdo”, desabafa, sobre a emissora que deixou em 2019.  “Não podiam me dispensar, ao contrário, tinham que me chamar e dizer: ‘Moacyr, cria aí e traz ideia para gente'”

Diz o artista. 

O humorista ainda lamenta não ter passado mais tempo ao lado da família. “O que eu quero é que todo mundo saiba que eu me arrependo do pai que fui. Embora pareça ter sido bom, mas é preciso presença, escutar o filho”, afirma. 

E MAIS NO PROGRAMA DESTE DOMINGO

A equipe da atração traz  também uma reportagem sobre um mistério que já dura cinco anos. Um homem, que é dono de uma fortuna avaliada em R$ 130 milhões, sumiu sem deixar pistas. Agora os herdeiros brigam por seu dinheiro.  

O programa apresenta uma matéria sobre a mulher que quer ser reconhecida como filha de Cauby Peixoto. Os repórteres contam o que aconteceu com  patrimônio deixado pelo artista. 

E ainda: a revista eletrônica da Record TV relata a rotina de peritos que contam com cães treinados para farejar sangue e com um scanner que mapeia sangue em apenas quatro minutos.  

O Domingo Espetacular vai ao ar às 19h45. A apresentação é de Carolina Ferraz e Eduardo Ribeiro.  

*Imagens do texto: Reprodução da Internet*

Encontrou algum erro, tem uma sugestão ou quer falar com nossa equipe? Entre em contato por e-mail: [email protected]
















Não copie, compartilhe! VirouPauta.com