Manifestantes atacam lojas do Carrefour, após seguranças espancarem rapaz negro até a morte - Virou Pauta

Manifestantes atacam lojas do Carrefour, após seguranças espancarem rapaz negro até a morte

Manifestantes atacam lojas do Carrefour, após seguranças espancarem rapaz negro até a morte
COMPARTILHE ESSA PAUTA!

Aconteceu nesta sexta-feira (20) a 17ª Marcha da Consciência Negra na cidade de São Paulo, que repercutiu a morte de João Alberto em Porto Alegre.

Os atos chegaram até em uma unidade do Carrefour da rua Pamplona no bairro dos Jardins, área nobre paulista.

Após o fim do ato pacífico na avenida Paulista, um grupo de manifestantes usou pedras para atacar a loja e quebrar várias vidraças do supermercado.

Os manifestantes entraram no supermercado que fica em um shopping e atearam fogo em alguns produtos. Seguranças da rede Carrefour usaram extintores para apagar as chamas e fecharam a loja ainda com clientes dentro, para evitar novos tumultos.

A Marcha da Consciência Negra foi convocada por organizações do movimento negro com o tema “Vidas Negras Importam”.

O ato pediu melhorias de vida à comunidade negra.

A morte João Alberto no Carrefour

O Homem negro de 40 anos, João Alberto Silveira Freitas foi espancado até a morte por dois homens brancos da capital gaúcha. O caso aconteceu na véspera do Dia da Consciência Negra, que é comemorado nesta sexta (20). O espancamento foi filmado por testemunhas.

Os dois suspeitos pela morte de João foram presos em flagrante. A investigação trata o crime como homicídio qualificado.

Foto: Mauro Schaefer

*Imagens do texto: Reprodução da Internet*

Encontrou algum erro, tem uma sugestão ou quer falar com nossa equipe? Entre em contato por e-mail: [email protected]

CUPONS DE DESCONTOS AMAZON

Aproveite os menores preços da internet:

Amazon Brasil

Magazine Luiza (Magalu)
















Não copie, compartilhe! VirouPauta.com