Bailarina clássica conquista 18º troféu do MasterChef Brasil: “É uma superação” - Virou Pauta

Bailarina clássica conquista 18º troféu do MasterChef Brasil: “É uma superação”

Bailarina clássica conquista 18º troféu do MasterChef Brasil: “É uma superação”
COMPARTILHE ESSA PAUTA!

Moradora de São Bernando do Campo, no ABC Paulista, Laura superou os concorrentes com uma receita de costela bovina e polenta

Na noite dessa terça-feira (10) não poderia ter terminado melhor para a bailarina Laura, de 22 anos. Depois de preparar pela primeira vez uma receita de costela bovina e polenta, a jovem conquistou o paladar dos jurados e foi eleita a melhor cozinheira do 18º episódio do MasterChef Brasil.        

No primeiro desafio da noite, a participante entregou um bucatini all’amatriciana, prato preferido do ex-jogador Cafu, mas não recebeu muitos elogios. Mesmo com o desempenho razoável, ela conseguiu se manter na competição e virou o jogo. “Eu vim para ganhar. Quando entrei na cozinha, cheguei olhando tudo para saber onde as coisas estavam, me adiantando. Já tinha uma estratégia”, admitiu ao Portal da Band. “Em tudo na vida fui mediana. Ganhar o MasterChef é uma superação. É incrível ter sido a melhor e conseguir me destacar entre tantas pessoas que se inscreveram e participaram”.

Nascida em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, e moradora de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, a competidora começou a fazer aulas de balé quando tinha apenas 8 anos. Dez anos mais tarde, foi morar na Alemanha a trabalho e passou a cuidar mais da alimentação. “A gastronomia veio da curiosidade e da necessidade. Minha mãe, minha avó e meu pai sempre cozinharam bem e eu gosto de comer coisas boas. Não fico satisfeita com fast-food ou delivery”, explicou.

Após a vitória, Laura tem planos de investir na área. “Com a pandemia, já estava pensando em começar a estudar gastronomia. Não vou poder dançar em lugar nenhum agora e a culinária é algo que gostaria de me dedicar. Sei que sou muito nova e tenho tempo para crescer nas duas profissões”.

A paulista também fez questão de enaltecer o empoderamento feminino. “Ser mulher não é fácil, ainda mais como artista e com uma mente livre. É uma tecla que eu sempre bato. Já briguei muito pela liberdade do meu corpo, para não ser considerada um objeto. Para mim ainda é fácil porque sou magra, branca e tenho privilégios. Imagine para as mulheres que não têm? Temos que lutar para que todas possam se impor”, finalizou.

Além de conquistar o 18º troféu, Laura levou para casa R$ 5 mil do PicPay e doou a mesma quantia para a Fraternidade Espírita Irmã Rosália, de Minas Gerais, que presta assistência social a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. A cozinheira amadora ainda foi premiada com uma bolsa de estudos integral para graduação ou pós-graduação da Universidade Estácio, um dispositivo Echo e R$ 5 mil em compras no site amazon.com.br. A Brastemp também deu à campeã um forno da linha Gourmand, digno de um chef, e a Tramontina ofereceu um jogo de panelas profissional e um Kit Chef de facas.

*Imagens do texto: Reprodução da Internet*

Encontrou algum erro, tem uma sugestão ou quer falar com nossa equipe? Entre em contato por e-mail: [email protected]

CUPONS DE DESCONTOS AMAZON

Melhores lojas na Black Friday:

Amazon Brasil

Magazine Luiza (Magalu)

Aproveite os menores preços da internet:

+ Dica para economizar: Conheça “Mangos”, o aplicativo que te ajuda a ganhar dinheiro comprando
















Não copie, compartilhe! VirouPauta.com