Racismo em A Fazenda 11! Defesa de Sabrina entrará na justiça - Virou Pauta

Não copie, compartilhe!

VirouPauta.com

Racismo em A Fazenda 11! Defesa de Sabrina entrará na justiça

COMPARTILHE ESSA PAUTA!

Na noite de ontem após sofrer uma ofensa racista dentro do reality A Fazenda por um funcionário da Record, que foi demitido, a família de Sabrina Paiva acionou seus direitos e tomarão providências sobre o crime.

Estamos em contato com o departamento jurídico da emissora. Iremos tomar todas as medidas judiciais pertinentes ao caso, inclusive na esfera criminal. Já solicitamos a divulgação do funcionário responsável pela ofensa. Ainda estamos analisando as responsabilidades“, declararam, de acordo com o site UOL.

Sabrina relatou ter ouvido um xingamento vindo de trás dos espelhos da sede, onde geralmente ficam cinegrafistas e outros profissionais do reality show.  “Na hora em que eu fui tomar água, estava todo mundo sentado, aí eu ouvi ‘senta aí macaco’ e um palavrão“, comentou a modelo. Alguns peões, como Hariany Rodrigo, também disseram ter ouvido.

A família e amigos estão muito abalados com o ocorrido e estão em total apoio a Sabrina. Estamos enviando o caso ao Ministério Público e cobrando uma posição concreta da emissora“, disse o advogado.

Só estou aguardando o restante da documentação para elaborar a representação criminal. Acredito que até sexta-feira, essas medidas judiciais já tenham sido encaminhadas.“, finalizou.

A pena prevista pelo crime de injúria racial é de reclusão de um a três anos e multa. No programa desta quarta-feira, 6, o apresentador vai se pronunciar e falar sobre o ocorrido. 

Veja o pronunciamento da Record: “A Record TV informa que ontem, 05/11, durante o reality A Fazenda, ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente. A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar. A Record TV e a produtora Teleimage lamentam o fato e não admitem que algo dessa natureza aconteça em suas produções”, diz o comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *