Procura-se: Padrão Globo de Programação - Virou Pauta

Procura-se: Padrão Globo de Programação

Procura-se: Padrão Globo de Programação
COMPARTILHE ESSA PAUTA!

Maior emissora do país não só em audiência mas também em estrutura, elenco e vários outros fatores desde a década de 70, a Rede Globo sempre buscou dar o seu melhor no quesito de programação ao público televisivo. Ainda na sua primeira década de existência, dois grandes nomes da nossa amada televisão foram responsáveis pela implantação do famoso “Padrão Globo de Qualidade”, que idealizava uma grade de alto investimento e com fidelidade de horário. Juntos, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o conhecido Boni, e o falecido Walter Clark tiveram total controle nessa questão.

Tirando nomes de peso das extintas rivais Rede Tupi e TV Excelsior, a emissora carioca recheou sua programação com várias atrações, tendo em destaque as tradicionais novelas das 6, das 7 e das 8, atualmente como das 9. Junto a isso, investiu pesado em jornalismo, criando junto ao entretenimento uma espécie de tripé que mantém até hoje o desejável primeiro lugar em audiência.

Sempre respeitosa ao seu público, em poucos momentos se viu mudanças drásticas em sua grade, seja por motivos de baixa audiência ou até mesmo casos de repercussão nacional e internacional, como a votação do Impeachment em 2016 e os ataques terroristas em 2001. Hoje, a situação é bem diferente.

Só esse ano, atrações como “Vale a Pena Ver de Novo”, as três faixas de novelas e até mesmo o renomado “Jornal Nacional” tiveram diversas alterações em seus horários de exibição para encaixar partidas de futebol sem tanta relevância, como amistosos da Seleção, e debates políticos.

Em plena semana de estreia, a recente “Espelho da Vida” chegou a ter seu horário de exibição antes do tradicional horário das 18h, tendo sua audiência prejudicada. O telejornal ancorado por Willian Bonner e Renata Vasconcellos teve numa mesma semana sua exibição em dois horários bem distintos: às 20h55, devido a exibição do horário eleitoral e às 19h50, antecipando e abrindo espaço para exibição do futebol.

A análise vale não pela audiência que acaba sendo prejudicada em praticamente toda a programação, mas o quanto decaiu toda a preocupação da emissora em levar a sério uma velha fala de seu antigo ex-diretor Boni: “Televisão é um hábito”.

*Imagens do texto: Reprodução da Internet*

Encontrou algum erro, tem uma sugestão ou quer falar com nossa equipe? Entre em contato por e-mail: [email protected]
















Não copie, compartilhe! VirouPauta.com